O técnico Paulo Autuori vai voltar a dirigir o Botafogo no banco de reservas nesta quarta-feira contra a Portuguesa, às 21h30, no estádio Luso-Brasileiro, pela 5ª rodada da Taça Rio. Renê Weber, que comandou o time contra a Cabofriense, volta a ser auxiliar.

Autuori foi suspenso por 15 dias pelo TJD-RJ por ofender e desprestigiar a imagem da Ferj. No entanto, o treinador estava liberado contra a Cabofriense depois do clube conseguir uma liminar junto ao STJD.

“Não falo de pessoas, falo de conceitos. Em todas as entrevistas o que falo é exatamente isso. No Brasil, quando você discorda conceitualmente de alguém vira inimigo pessoal. O que eu falar é passível de discordâncias e críticas, é claro. Podem não concordar em nada, mas que defendam até a morte o direito de falar. Muitos morreram, perderam a vida, não queremos passar por situações como essa de novo. Quando me proponho a falar, é para falar coisas, não dizer situações que não dizem absolutamente nada. Minha crítica foi ao que tem sido ao longo do tempo a FERJ. O próprio (Vanderlei) Luxemburgo teve problemas e foi suspenso. Quando não tem argumento, você usa a força” criticou Autuori em entrevista ao SporTV.

Fonte: Rádio Tupi