Sob protesto, o Botafogo deu uma bela resposta aos desmandos do futebol do Rio. Com apenas uma semana de treinos, o Glorioso voltou ao futebol com uma ótima goleada sobre a Cabofriense por 6 a 2 na manhã deste domingo, no Estádio Nilton Santos, sem a presença de público. O resultado manteve o Glorioso na briga por uma vaga nas semifinais da Taça Rio.

Com o resultado, o Botafogo subiu para a terceira posição do Grupo A da Taça Rio, com sete pontos, atrás do vice-líder Boavista apenas pelo saldo de gols. Na próxima rodada, quarta-feira, o Glorioso visita a Portuguesa na Ilha do Governador, enquanto a equipe de Bacaxá visita o já classificado Flamengo no Maracanã.

Com apenas uma semana de treinamentos e entrando em campo sob protesto, o Botafogo conseguiu o gol logo no começo. Após grande jogada de Luis Henrique pela esquerda, Pedro Raul escorou no segundo pau e fez 1 a 0. Lanterna do Estadual, a Cabofriense tentou assustar algumas vezes, mas o Fogão fez o segundo no final do primeiro tempo, em chute desviado de Cícero.

BOTAFOGO DÁ RESPOSTA EM CAMPO E GOLEIA CABOFRINSE POR 6 A 2 1

Na volta do segundo tempo, a equipe da Região dos Lagos deu um susto e diminuiu o marcador com o gordinho Emerson Carioca, de cabeça. Porém, quatro minutos depois, o Botafogo voltou a deixar a situação mais tranquila. Bruno Nazário descolou lindo lançamento e Pedro Raul chutou rasteiro para fazer seu segundo gol na partida: 3 a 1.

A Cabofriense chegou a diminuir a desvantagem novamente, desta vez num pênalti ridículo inventado pelo árbitro e convertido por Diego Sales. Porém, apesar do pouco tempo de treinos, o Glorioso conseguiu transformar a vitória em goleada. Primeiro, Bruno Nazário recebeu lançamento de Caio Alexandre e fez 4 a 2. Depois, o garoto Luis Henrique fez fila e ampliou para 5 a 2. No fim, Caio Alexandre colocou a cereja no bolo com um golaço: 6 a 2!

Próximos jogos

Na briga por uma vaga nas semifinais da Taça Rio, o Botafogo volta a campo na próxima quarta-feira para enfrentar a Portuguesa, no Estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador, com horário ainda a ser definido pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 6 X 2 CABOFRIENSE

Local: Estádio Nilton Santos
Data-Hora: 28/6/2020 – 11h
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Michael Correia (RJ)
Renda e público: Portões fechados
Cartões amarelos: Cícero (BOT)
Cartões vermelhos: –
Gols: Pedro Raul 4’/1ºT (1-0), Cícero 38’/1ºT (2-0), Emerson Carioca 4’/2ºT (2-1), Pedro Raul 8’/2ºT (3-1), Diego Sales 15’/2ºT (3-2), Bruno Nazário 29’/2ºT (4-2), Luis Henrique 34’/2ºT (5-2) e Caio Alexandre 44’/2ºT (6-2)

BOTAFOGO: Diego Cavalieri; Marcelo Benevenuto, Ruan Renato, Cícero (Luiz Otávio 40’/2ºT) e Danilo Barcelos; Alex Santana (Caio Alexandre 18’/2ºT), Bruno Nazário (Lecaros 40’/2ºT) e Honda; Luiz Fernando (Fernando 18’/2ºT), Pedro Raul e Luis Henrique – Técnico: Renê Weber.

CABOFRIENSE: George; Watson, Lucas Cunha, Fábio e Luan (Uelliton 31’/2ºT); Feitosa, Gama (João Pereira 35’/2ºT), Diego Sales (Fabiano 16’/2ºT) e Kaká Mendes; Emerson Carioca e Pedrinho (Natan 16’/2ºT) – Técnico: Luciano Quadros.

Fonte:Redação FogãoNET