Em live no canal do NBB no Instagram nesta quarta-feira, o norte-americano Jamaal Smith falou sobre sua história no basquete e da identificação com o Botafogo, clube onde é ídolo. O armador chegou ao clube em 2017 e teve, no ano passado, participação decisiva no título histórico da Liga Sul-Americana.

– Crescemos juntos. Cheguei na Segunda Divisão (na Liga Ouro), fomos crescendo, a torcida sempre junta. O amor que eles tem para mim eu tenho também por eles. É a maior coisa que senti no Brasil. O Botafogo é um clube com grande história no futebol, no basquete, e eles falando em colocar foto no mural de ídolos, etc… É algo incrível – afirmou Jamaal.

O norte-americano está passando esse período de paralisação do basquete por conta da pandemia do novo coronavírus em Las Vegas, nos Estados Unidos. E contou que tem falado todos os dias com o filho brasileiro, que mora em Macaé.

– Ele tem quatro anos e bate bola melhor do que eu. Falo com ele todo dia, ele está sempre treinando, batendo bola. Eu pergunto a ele: “Você vai jogar na NBA?”. E sabe o que ele responde? “Pai, vou jogar no Botafogo!” – contou Jamaal, que é filho de um ex-jogador da NBA, Robert Smith.

Liga Sul-Americana na memória
Jamaal Smith foi um dos destaques do Botafogo no título da Liga Sul-Americana, no final do ano passado, com direito à virada na série final em cima do Corinthians, dentro de São Paulo. Para ele, não houve momento mais marcante em sua carreira do que essa conquista.

– Para mim, não teve melhor. Foi um momento em que você conseguiu realizar tudo que treinou, o que deixou de fazer, a balada que você deixou de ir, os 100 arremessos que você treinou a mais… Foi grande para mim – resumiu.

Veja o vídeo com a entrevista com Jamaal:

View this post on Instagram

Live Jamaal

A post shared by NBB (@nbb) on

Fonte: Fogão 24 Horas