A sina de Marcos Vinícius: meia só faz uma atividade com o grupo do Botafogo na pré-temporada

A sina de Marcos Vinícius: meia só faz uma atividade com o grupo do Botafogo na pré-temporada

Enquanto todos os jogadores do Botafogo corriam pelo gramado do centro de treinamento do Hotel Fazenda China Park durante a pré-temporada e ouviam as ordens de Alberto Valentim, um integrante do elenco ficava perto disto tudo, mas não participava de nada. Marcos Vinícius limitou-se, a maior parte do tempo durante a preparação para 2020, a trabalhos à parte e recuperação da parte física.

O meio-campista se reapresentou com uma lesão no joelho. Na última partida do ano passado, no empate diante do Ceará, no Nilton Santos, Marcos Vinícius sentiu um incômodo na coxa após marcar o gol do Botafogo no duelo, mas, até então, não preocupava. O jogador de 25 anos, contudo, retornou ao dia a dia do Glorioso queixando-se de dores.

Em Domingos Martins, região serrana do Espírito Santo, local onde o Botafogo realizou a pré-temporada, Marcos Vinícius participou apenas de uma atividade com todo o grupo do Alvinegro, no 12º – e último – dia de treinos dados por Alberto Valentim: um coletivo de 11 x 11.

– O Marcos Vinícius ainda não participou efetivamente dos treinos que a gente teve até o momento com o grupo, hoje (quinta-feira) que a gente inseriu ele de forma gradativa, tanto que a gente tá tendo um cuidado todo especial para que ele possa fazer uma excelente temporada, em termos físicos e técnicos, é um garoto que vai ajudar muito a gente – afirmou Felippe Capella, preparador físico do Botafogo, em entrevista coletiva.

Os onze primeiros dias no Espírito Santo foram marcados por trabalhos físicos e corridas ao lado do gramado, enquanto os jogadores treinavam normalmente, para Marcos Vinícius. Piques em velocidade, mudanças de direção com auxílio de cones e trabalhos de equilíbrio do corpo foram algumas das atividades feitas pelo meio-campista.

– Vemos muito potencial nele e a gente está tendo esse cuidado de não acelerar nenhum processo por conta da lesão dele. A previsão inicial de, semana que vem, se tudo certo, ele já está sendo inserido nesse trabalho junto com o grupo. Eles já estão fazendo a transição com o Leandrinho (fisiologista), que é o responsável, e está evoluindo de maneira bem positiva. Na semana que vem, se tudo der certo, ele está sendo inserido de maneira integral junto com os outros atletas – completou Capella.

O meio-campista possui um histórico de lesões e, até por isto, nunca conseguiu uma sequência na equipe titular do Botafogo. Desde 2017 no Alvinegro, Marcos Vinícius tem 47 jogos pelo Glorioso – o que resulta em uma média de 15,6 partidas por ano.

Fonte:Terra