Botafogo adota cautela com novo treinador e quer apoio a Lazaroni

Botafogo adota cautela com novo treinador e quer apoio a Lazaroni

O Botafogo demitiu Eduardo Barroca após a derrota por 1 a 0 para o Fluminense no último domingo, no Nilton Santos. A pressa ao dispensar não será a mesma para contratar. O Alvinegro adota cautela para escolher o novo treinador. Mais que isso, quer dar apoio para Bruno Lazaroni, que comandará a partida desta quarta, contra o Goiás, também no Nilton Santos.

 

Segundo apuração do UOL Esporte, o Botafogo ainda não tem qualquer decisão do que vai fazer. A expectativa é que nada ocorra até quarta-feira, dia da partida contra o Goiás. Em caso de vitória, não está descartada a possibilidade de o clube seguir com o interino até o fim da competição.

Isso porque o Botafogo implementará o projeto encomendado pelos irmãos Moreira Salles em dezembro e não há qualquer certeza de manutenção de um próximo treinador. Dessa forma, o profissional teria que aceitar uma proposta de aproximadamente dois meses e sem a certeza de receber em dia.

Até por isso existe a dificuldade de se mexer no mercado da bola. Profissionais que já passaram pelo clube agradam por terem maior conhecimento da maioria do elenco. Seria o caso de Alberto Valentim, que comanda o Avaí. Jair Ventura segue o mesmo rumo, mas o treinador está fazendo um curso fora do país e não estaria disposto a desistir de tudo para ficar no comando por quase 60 dias.

Único nome que agrada a diretoria e que ainda não passou pelo Botafogo é Enderson Moreira. O problema é que ele teria pouco tempo para conhecer o elenco, o que pesa contra. Sendo assim, o momento ainda é de incertezas e nenhuma decisão deverá ser tomada com pressa.

Com 27 pontos, o Botafogo ocupa a 12ª posição no Campeonato Brasileiro e se aproxima perigosamente da zona de rebaixamento. O Alvinegro precisa de seis vitórias para garantir permanência na elite do futebol nacional. O time volta a campo contra o Goiás, nesta quarta-feira, no Nilton Santos.

Fonte:UOL