Apresentador de TV cobra agilidade do Bota nas contratações, Anderson Barros precisa se movimentar

Apresentador de TV cobra agilidade do Botafogo nas contratações, Anderson Barros precisa se movimentar

O locutor Edilson Silva, apresentador do Donos da Bola, da Rede Bandeirantes, fez duras cobranças nesta segunda-feira ao departamento de futebol do Botafogo, gerenciado por Anderson Barros. Quando os integrantes do programa comentavam a notícia de que o lateral Apodi, oferecido recentemente ao Fogão, tinha sido anunciado pelo CSA, o âncora disse que o dirigente precisa se mexer no mercado.

– O Anderson Barros precisa se movimentar um pouquinho mais, né? Nada pessoal contra o Anderson, mas a responsabilidade de gerir o futebol é dele, que é diretor executivo. O discurso da lateral direita a gente sabe desde o ano passado. Carnaval já está chegando aí, vai contratar quando? O primeiro turno já foi embora. Quanto o Botafogo perdeu, entendeu? O jogo de quarta-feira (Contra o Campinense pela Copa do Brasil) vale R$ 1,2 milhão. Acontece uma bola nas costas, perde e olha aí.

Quando o comentarista alvinegro Waldir Luiz, também assessor do presidente Nelson Mufarrej, destacou que a “dificuldade financeira é o maior entrave do Botafogo”, Edilson manteve a firmeza no discurso. Lembrou que o Fluminense, mesmo endividado, arrumou meios para contratar Paulo Henrique Ganso e questionou o prestígio do gerente de futebol Anderson Barros.

 

– Acho que isso não é desculpa. O Fluminense está devendo todo mundo aí e trouxe o Ganso. Não arrumou um jeito de trazer o Ganso? Por quê? Porque o Paulo Angioni se mexeu. Você não tem no bolso, põe na cabeça. O departamento de futebol tem que ligar no 220V (…) A gente não vê novidades. Não sei se o departamento de futebol está levando os assuntos à frente para o Botafogo decidir. De repente é o prestígio do Anderson Barros que não consegue resolver. Se não consegue resolver, não pode ser gerente de futebol do Botafogo. O gerente de futebol tem que ter o tamanho dessa estrela – concluiu, apontando para o escudo do Glorioso no telão.

A lateral direita do Botafogo conta apenas com Marcinho. E, recentemente, contra o Boavista, na rodada final da Taça Guanabarateve o meia Rickson improvisado no setor.

Assista ao vídeo abaixo:

 

FONTE; BOLETIM DO C.E.