Clareou, Inter estuda liberar Camilo, Botafogo e atleta têm de discutir tempo de contrato

Clareou, Inter estuda liberar Camilo, Botafogo e atleta têm de discutir tempo de contrato
 Meia e Alvinegro já têm um acerto salarial e agora é discutido um entendimento para um vínculo válido até dezembro de 2020

Se a negociação pelo retorno de Camilo era considerada difícil pelo Botafogo, as coisas clarearam nesta quinta-feira. O Internacional já estuda a liberação do atleta de 32 anos com bons olhos, mas está aberto a ouvir propostas de outros clubes.

Identificado com o Glorioso e com muita vontade de voltar ao clube onde se destacou entre 2016 e 2017, o meia aceita reduzir seus ganhos mensais pela conclusão da transferência. O Inter dando o Ok ao Botafogo, a pendência fica em relação ao tempo de contrato. A intenção é chegar a um entendimento para que o vínculo com o Alvinegro seja válido até dezembro de 2020.

Na tarde desta quinta, após a apresentação de Alex Santana, o vice-presidente de futebol do Botafogo, Gustavo Noronha, confirmou o interesse em Camilo e tratou a possível contratação como "sem risco" devido à familiaridade que o atleta tem com a Estrela Solitária.

- O Camilo é um pouco mais complicado. Quando começamos a negociar o Lindoso com o Alex Santana, essa troca, eles perguntaram se tinha alguém mais que interessava. Falamos do Camilo, jogador identificado com o Botafogo. A gente teria menos risco com essa contratação - afirmou.

No entanto, ainda no início da tarde, Noronha tratava o negócio como algo complicado.

- Nossa expectativa era um empréstimo de um ano, só que o contrato dele termina no meio do ano lá. E havia uma cláusula de renovação automática lá. Existia uma expectativa de que fosse uma maneira e é de outra, mas não podemos falar de algo interno do Inter. Se eles tivessem a oportunidade de emprestar o Camilo por um ano, a gente estudaria.

É importante destacar que tal movimentação não tem nada a ver com a troca de Alex Santana por Rodrigo Lindoso.

Carioca e nascido em 9 de março de 1986, Camilo teve bastante destaque na campanha alvinegra no Brasileiro de 2016, na qual o Botafogo deixou a luta contra o rebaixamento e se classificou para a Libertadores.

Foram 57 partidas como Alvinegro, com sete gols e mesmo número de assistências. Se o Inter o liberar, Camilo iniciará sua segunda passagem por General Severiano.

FONTE;GLOBO.COM