Anderson Barros se reúne com Aguirre, e saída do Botafogo segue sendo negociada, LDU ganha força

 Anderson Barros se reúne com Aguirre, e saída do Botafogo segue sendo negociada, LDU ganha força
Antes procurado pelo também equatoriano Barcelona, o centroavante está na mira de outro grande clube do país

O gerente de futebol do Botafogo, Anderson Barros, reuniu-se com Rodrigo Aguirre nesta quarta-feira. Em pauta, o interesse de clubes equatorianos no uruguaio de 24 anos. Depois de o Barcelona de Guyaquil procurá-lo, a LDU ganhou força e, de acordo com a imprensa de clubes daquele país, é favorita na briga.

O técnico da LDU, Pablo Repetto, é compatriota de Aguirre e busca um atacante.

O Botafogo aceita liberar Aguirre, mas é necessário que o clube interessado em um novo empréstimo equacione dívidas alvinegras com a Udinese, detentora dos direitos econômicos do uruguaio, e de comissionamento com Pablo Betancourt, representante do atleta.

O débito alvinegro é de aproximadamente US$ 150 mil (cerca de R$ 535 mil). Antes da conversa de Anderson com Aguirre, o departamento de futebol escutou Zé Ricardo, que disse aceitar o que for melhor para as partes. Ou seja, caso Aguirre não saia, o treinador o utilizará até o término do contrato do uruguaio com o Glorioso, que vence em 30 de junho de 2019.

FONTE; GLOBO.COM