VAMOS À FINAL! Lorena estreia, torcida empurra e Botafogo vence o Flamengo no tie-break

 VAMOS À FINAL! Lorena estreia, torcida empurra e Botafogo vence o Flamengo no tie-break 
O Botafogo parecia ter uma noite de quinta-feira tranquila em General Severiano, mas como diz a máxima: " clássico é clássico".  Na estreia de Lorena, os alvinegros saíram na frente, viram o Flamengo reagir e garantiram a vitória no tie-break. Com o placar de 3 sets a 2, o time alcançou 7 pontos em três jogos e se garantiu na decisão do Estadual, onde vai enfrentar o Sesc-RJ.

Dominante desde o início, o Alvinegro foi com tudo pra cima dos visitantes e, com muitos pontos de bloqueio e ótima participação de Lucas Cris, abriu confortáveis 14 a 8. Logo em seguida, o técnico Walner Santos promoveu a estreia do oposto Lorena e a equipe administrou até fechar o placar em 25 a 15. No mesmo ritmo, o Glorioso voltou à quadra para o segundo set e não deu chances ao rival. Tanto nos saques viagens como nos flutuantes, os alvinegros minaram a linha de passe rubro-negra e abriram o caminho para mais uma vitória tranquila, desta vez por 25 a 16. 

Com Lorena e o líbero Vanderson em quadra, o Alvinegro manteve o padrão e continuou mostrando um voleibol superior para fazer 13 a 8. Porém, o Flamengo reagiu, brigou ponto a ponto pela virada e venceu o terceiro set por 29 a 27. Cheio de confiança, os visitantes cresceram na partida, tiveram seu melhor momento na quarta etapa, empataram o jogo ao fazer 25 a 22 e forçaram a disputa do tie-break. 

O Botafogo voltou para o set derradeiro no embalo da torcida e, rapidamente, abriu 4 a 0 com participação efetiva de Lorena. Sem deixar a concentração cair, o levantador Thiago, que substituiu Vitor, soube aproveitar o bom momento de Lucas Cris e Robinho - maiores pontuadores do jogo - para manter o ritmo dos ataques certeiros. Com a tranquilidade dos primeiros sets, o Fogão fechou a partida com a vitória de 15 a 9.

Estreante da noite, o oposto Lorena atraiu todos os olhares do Oscar Zelaya e soube superar o momento de adversidade em quadra. O novo dono da camisa 7 falou sobre o assunto. 

- Ainda não cheguei na minha forma ideal, mas é muito bom voltar a jogar e vestir essa camisa pesada. Já pude sentir que jogar no Botafogo é maravilhoso! Tivemos um momento difícil no terceiro set, o Flamengo soube aproveitar, embalou no jogo e levou pro desempate. Era o momento de botar o coração, de se entregar completamente, senti que os meninos precisavam de mim e falei para o Walner que ele podia contar comigo. E foi isso! O comprometimento de todo mundo diante da pressão foi perfeito, a torcida sentiu o momento, praticamente entrou em quadra e nos ajudou demais. Essa vitória também é deles! 

Classificado, o Botafogo vai enfrentar o Sesc-RJ na decisão do Estadual, dia 22, em jogo único. 

 FONTE: SITE BOTAFOGO