Botafogo adota cautela com retorno de Jefferson e espera contar com goleiro a partir de outubro

 Botafogo adota cautela com retorno de Jefferson e espera contar com goleiro a partir de outubro
Apesar de alta médica, ídolo alvinegro ainda vai precisar de duas semanas para poder praticar saltos e sofrer impactos

O torcedor do Botafogo se animou ao rever Jefferson no treino da última terça-feira, no Nilton Santos. Mas os alvinegros precisarão ter um pouco mais de paciência para reencontrar o ídolo em campo. Apesar da alta médica para poder começar a treinar com bola, sua transição será feita de forma gradual. Departamento médico e comissão técnica do clube adotam cautela diante da gravidade de suas lesões.

Na dividida com Paquetá , no clássico com o Flamengo do dia 21 de junho, Jefferson sofreu um trauma no tórax, uma fratura da cartilagem tireoide, um edema nas cordas vocais e perdeu dois dentes. O goleiro passou seis dias internado na Clínica São Vicente e precisou usar colete cervical até o mês passado.

Jefferson ainda não pode praticar saltos e sofrer impactos, seja com o chão ou em choques com companheiros. Por isso, a programação montada pelo departamento médico para ele é de, pelo menos, mais duas semanas de exercícios antes de voltar a treinar normalmente. A expectativa é que o goleiro fique à disposição de Zé Ricardo durante o mês de outubro.

Vivendo seus últimos momentos da carreira antes de se aposentar em dezembro, Jefferson corre contra o tempo para aumentar seu recorde no Botafogo. O goleiro, de 35 anos, que começou 2018 como titular e entrou em campo 22 vezes na temporada, tornou-se o terceiro jogador que mais atuou pelo clube: ele soma 458 partidas e só é superado por Garrincha (612) e Nilton Santos (721).

 Enquanto Jefferson não volta, Saulo deve seguir como titular da meta alvinegra. Gatito Fernández já vem treinando de luvas e está mais próximo do retorno que Jefferson. Porém, o goleiro paraguaio ainda está na transição, depende de se livrar 100% das dores no punho direito e deve continuar fora de combate contra o América-MG neste domingo, às 11h (de Brasília), no Nilton Santos.


FONTE: GLOBO.COM