Botafogo é multado em R$ 2 mil por arremesso de latas de cerveja em campo

Botafogo é multado em R$ 2 mil por arremesso de latas de cerveja em campo
Botafogo e Santos foram multados no STJD do Futebol por infrações na Série A do Campeonato Brasileiro. O alvinegro carioca foi multado em R$ 2 mil pelo arremesso de latas de cerveja no campo, enquanto o Santos recebeu multa de R$ 2 mil por atrasar em dois minutos início da partida. O processo foi julgado pela Quarta Comissão Disciplinar na manhã desta sexta, dia 17 de agosto, e a decisão cabe recurso.

Diante da Comissão, o Botafogo apresentou prova documental com Termo Circunstanciado, ata da reunião de segurança da partida e Termo de Declaração de um torcedor identificado. Pela Procuradoria foi exibido prova de vídeo com os arremessos.

Para o Subprocurador-geral Gustavo Silveira, houve o arremessos previsto no artigo 213 e a prova de vídeo confirma a infração. O procurador acrescentou. “A partida foi no dia 4 e o registro foi feito dia 7. A excludente é clara quando afirma que tem que haver a identificação, registro de ocorrência feito concomitante ao fato. Não há excludente e o Botafogo deve ser punido”, encerrou.

O advogado Marcelo Mendes, defendeu o Santos.“A defesa solicita a condenação do clube apenas pelos dois minutos de atraso”.

Aníbal Rouxinol citou todo o zelo do Botafogo na busca pela identificação e pediu a absolvição do clube. “Há muito tempo não havia uma situação de arremesso de objetos no estádio. O clube tomou todas as medidas que sempre toma, o cuidado, o zelo, uma reunião prévia de segurança com a presença de todas as entidades direta e indiretamente para que tudo transcorra da melhor maneira. Nesse jogo o Botafogo fez um gol legal no último minuto e o árbitro e a equipe anularam o gol e encerrou o jogo. Isso explica os ânimos exaltados naquele momento”.

O advogado acrescentou ainda. “Policiais fardados no campo e a paisana acompanhando o jogo e mesmo assim aconteceu o arremesso das latas. Existe a proibição expressa do clube com relação as latas. O torcedor não tem acesso a lata e estamos investigando o que ocorreu. As autoridades tentaram identificar imediatamente quem cometeu, mas não conseguiu e o clube continuou na investigação com acesso as câmeras de segurança. Fizemos o registro ao descobrir um torcedor e a polícia deu andamento na delegacia. Três dias depois ele foi prestar depoimento”, explicou o defensor.

Por entender que as infrações estão caracterizadas, o relator Luis Felipe Procópio votou para aplicar multa de R$ 2 mil ao Santos por atraso de 2 minutos. Já ao Botafogo, o Auditor destacou que foi identificado um infrator que confirmou que arremessou uma lata, mas lembrou que foram lançadas três latas. “Infração clara e aplico a multa de R$ 2 mil no artigo 213, inciso III, ao Botafogo”.

O Auditor José Maria Philomeno divergiu da multa ao Botafogo para aplicar R$ 3 mil, enquanto os Auditores Adilson Alexandre Simas, Alcino Junior e o Presidente Luiz Felipe Bulus acompanharam o voto do relator na íntegra.

Fonte: STJD