Com histórico no cargo, Anthoni Santoro planeja dar sequência ao bom trabalho do Sub-20

 Com histórico no cargo, Anthoni Santoro planeja dar sequência ao bom trabalho do Sub-20 


Determinado em dar prosseguimento ao ótimo trabalho feito nas categorias de base do clube, especialmente na categoria Sub-20, o Glorioso agiu rápido, valorizou a casa e, após a saída de Eduardo Barroca, anunciou Anthoni Santoro como o novo comandante do time de juniores do Botafogo.

Obtentor de um vasto e qualificado currículo no futebol, Anthoni retorna ao cargo de técnico de uma equipe de base do Glorioso. O treinador chegou ao clube de General Severiano em novembro de 2011 para dirigir o Sub-17 alvinegro, foi campeão do único Torneio Guilherme Embry Sub-17 do clube até então e, logo depois, assumiu o time Sub-20, onde foi vice-campeão da Taça Guanabara, Bicampeão da Spax Cup na Alemanha, vice-campeão do Blue Stars da FIFA na Suíça e terceiro lugar invicto em um torneio na China, até 2013.

- No título da Guilherme Embry, que conquistamos em 2012, lembro que trabalhei com alguns jogadores que fizeram parte do histórico título brasileiro de 2016 e com outros que já passaram ou estão hoje no profissional do Botafogo. Naquela conquista tinha o Marcinho, o Igor Rabello fez alguns jogos, o Yuri, o Renan Gorne. Trabalhei também na base com o zagueiro Emerson, o goleiro Andrey, o meia Daniel. - relembrou Anthoni.

Ressignificado em Educação Física, Anthoni é professor e coordenador do curso de pós-graduação em especialização em futebol da UFRJ e está finalizando mestrado em ciência do esporte e do exercício na UERJ. Além da passagem pelo Alvinegro, o técnico tem passagem pelas bases do Flamengo e do Fluminense. Ele reúne também experiência no futebol profissional, dirigindo as equipes do Audax Rio, Botafogo-PB, Democrata-MG, Alecrim-RN e Globo-RN. Até voltar ao Botafogo, no início de 2018 para ser auxiliar de Eduardo Barroca.

Grato e feliz pela oportunidade recebida, Anthoni agradeceu a direção e mostrou confiança em dar continuação ao projeto de elevar, a cada dia mais, o nível da base alvinegra.

- O meu sentimento é um misto de gratidão, respeito e confiança pelo meu trabalho. Foi isso que sempre demonstrou o Barroca, quando ele me recebeu pra ser auxiliar da categoria, uma função que eu nunca tinha exercido e assumi com vigor e vontade de ajudar o Botafogo a crescer mais ainda. E agora com essa indicação e esse reforço da diretoria, do Renha, do Tiano e do próprio Barroca, em que eu pudesse dar continuidade ao trabalho executado, só me gera uma felicidade maior e uma a busca incessante em dar seguimento a excelência desse trabalho, na busca de manutenção dos ótimos resultados e na qualificação dos nossos atletas. Espero que a gente possa cada vez mais fazer efetivamente a estrela solitária brilhar. Esse é o meu grande objetivo e, se Deus quiser, vamos alcançar isso. - destacou o treinador.

FONTE: SITE BOTAFOGO